Sei que te trago em mim.


Uma mão aberta, um beijo, os olhos que se esquivam por detrás de um suspiro. Um sorriso, pedaços de palavras, os teus dedos abraçam os meus. Nada de mais próximo, nada de mais aconchegante do que duas almas que se amam.

O cheiro dos teus cabelos entrelaçado nos meus dedos, o perfume do meu pescoço presente na tua mente…Vagueamos assim na sombra desta paixão, sentindo o batimento do coração. Decidimos deambular, tentando invadir o pensamento. Queres entender o que me vai na mente, queres desvendar todo este enigma. O toque, a luz dos meus olhos, o fulgor do teu calor…Sentimos o perigo deste embaraço de sensações. Enleiam-se e infiltram-se umas nas outras, viajam para dentro de nós e fazem-nos sentir coisas inexplicáveis, estas sensações deixam-nos impacientes e vertiginosos. Olho-te nos olhos, o coração arde em chamas, perco-me dentro de ti. Ando por esses pensamentos, tento entrar na tua alma, fazer parte do teu ser.
O teu corpo ao meu lado, as minhas mãos no teu rosto, a tua respiração na minha face. Sei que te trago em mim, sei dos caminhos que já percorremos, sei das palavras que já proferimos, sei das emoções que já nos fizeram oscilar…sei que deixas em mim parte de ti.

Sentimos o bater desenfreado dos corações que apenas se querem unir com ternura.

4 comentários:

  1. "Olho-te nos olhos, o coração arde em chamas, perco-me dentro de ti."
    É fantástico quando me apercebo que vês os desígnios do meu coração, lendo o teu. O que tens dentro de ti sou eu.

    ResponderEliminar
  2. "O cheiro dos teus cabelos entrelaçado nos meus dedos, o perfume do meu pescoço presente na tua mente…"
    adoreii o texto

    ResponderEliminar
  3. "Sei que te trago em mim, sei dos caminhos que já percorremos, sei das palavras que já proferimos, sei das emoções que já nos fizeram oscilar…sei que deixas em mim parte de ti."

    Wow Silvaninha, adorei o texto, sobretudo da emoção que está presente nele.
    Continua a escrever.

    ResponderEliminar